O que é?

O Linux é um sistema operacional de código aberto, que foi desenvolvido pelo finlandês Linus Torvalds. Ele possui inúmeras vantagens sobre seus concorrentes, mas o principal é: por caracterizar-se como um sistema de código aberto, qualquer usuário poderá utilizá-lo sem a necessidade de pagar qualquer quantia.
A história do Linux se confunde com um projeto que teve início no distante ano de 1983. Sob o comando de Richard Stallman, estudos foram realizados para o desenvolvimento de um novo sistema operacional livre. A base do sistema deveria ser “Unix like”, ou seja, baseado em Unix, mas que os seus usuários tivessem a liberdade de estudá-lo, modificá-lo e distribuí-lo sem qualquer ônus.
O projeto acabou esbarrando em muita burocracia e o descrédito de seus colaboradores. Ele seria composto de vários programas diferentes e do coração do sistema operacional, que é chamado de núcleo ou kernel. No ano de 1992 todos os elementos já haviam sido criados, porém faltava o principal, justamente o kernel.
No meio desta tempestade de novas e revolucionárias ideias, um estudante finlandês desenvolvia seu próprio kernel na universidade de Helsinque. No ano de 1991, Linus Torvalds iniciou um trabalho utilizando o Minix, outra variante do Unix, criado pelo brilhante professor Andrew Tanenbaum. O Minix havia sido criado para fins acadêmicos, a fim de que “Andy” pudesse ensinar na prática a seus alunos o funcionamento de um sistema operacional. Várias tentativas foram realizadas para que Tanenbaum prosseguisse na atualização do seu sistema, mas o mesmo recusou-se afirmando que seu objetivo simplesmente era didático.
Por sua vez, o Minix foi baseado em um famoso sistema. Desenvolvido nos laboratórios da Bell da empresa AT&T, por Dennis Ritchie e Ken Thompson, nos anos 70, o Unix revolucionou a computação e foi o primeiro grande sistema operacional. Infelizmente Dennis faleceu no ano de 2011 em consequência de uma saúde fragilizada. Os meios de comunicação não deram tanta importância a essa grande perda, pois uma semana antes havia falecido o todo poderoso Steve Jobs.
A intenção inicial de Torvalds era então, escrever um programa que simulasse um terminal para que Torvalds pudesse acessar os servidores Unix da universidade onde estudava. Torvalds já havia realizado testes com o Minix, mas como o sistema operacional de “Andy” era muito modesto, os resultados obtidos não deixaram o jovem de 20 anos satisfeito.
Em alguma hora deste pequeno projeto, da qual Torvalds haveria descrito anos mais tarde como “Just for fun”, ele havia percebido ter escrito um código para um sistema operacional. No dia 25 de agosto de 1991, Torvalds publicou uma mensagem em um “newsgroup” da usenet:
From: torvalds@klaava.Helsinki.Fi (Linus Benedict Torvalds)
Newsgroups: comp.os.minix
Subject: What would you like to see most in minix?
Summary: small poll for my new operating system
Keywords: 386, preferences
Message-ID:
Date: 25 Aug 91 20:57:08 GMT
Organization: University of Helsinki
Lines: 20
Hello everybody out there using minix –
I’m doing a (free) operating system (just a hobby, won’t be big and professional like gnu) for 386(486) AT clones. This has been brewing since april, and is starting to get ready. I’d like any feedback onthings people like/dislike in minix, as my OS resembles it somewhat
(same physical layout of the file-system (due to practical reasons)among other things).
I’ve currently ported bash(1.08) and gcc(1.40), and things seem to work.
This implies that I’ll get something practical within a few months, and I’d like to know what features most people would want. Any suggestions are welcome, but I won’t promise I’ll implement them 🙂

Linus (torvalds@klaava.Helsinki.Fi)
PS. Yes – it’s free of any minix code, and it has a multi-threaded fs.It is NOT protable (uses 386 task switching etc), and it probably never will support anything other than AT-harddisks, as that’s all I have :-(.

A tradução para o português ficaria:
Assunto: O que você gostaria de ver no minix?
Summary: Pequena pesquisa para o meu novo sistema operacional
Olá a todos que usam o minix –
Estou fazendo um sistema operacional (livre – apenas como um hobby, não será algo grande e profissional como o GNU) para máquinas AT 386 (486). Ele tem sido trabalhado desde abril, e está começando a ficar pronto. Eu gostaria de opiniões sobre coisas que as pessoas gostam/não gostam no minix, já que o meu SO lembra um pouco ele (mesmo layout físico do sistema de arquivos (por motivos práticos),entre outros).
Eu já portei o bash (1.08) e o gcc (1.40) e as coisas parecem funcionar. Isso indica que conseguirei alguma coisa prática dentro de alguns meses, e gostaria de saber quais recursos as pessoas mais gostaria de ter. Todas as sugestões serão bem-vindas, mas não prometo implementá-las 🙂
Linus (torvalds@kruuna.helsinki.fi)
PS. Sim – ele está livre de qualquer código do minix, etem sistema de arquivos com multi-threading. Ele NÃO é portável (usa 386, chaveamento de tarefas, etc) e provavelmente
nunca suportará qualquer coisa além de discos rígidos AT, pois é tudo o que eu tenho :-(.

Com certeza nunca passou pela cabeça de Torvalds a proporção que esta mensagem iria tomar. Mas como todo início de projeto as coisas não foram fáceis. Uma enxurrada de críticas desabou sobre o finlandês, inclusive do professor Tanenbaum que afirmava que o sistema desenvolvido por Torvalds era obsoleto. Torvalds aceitou as críticas, mas prossegui com seu trabalho, contando cada vez mais com o apoio de ajudantes anônimos.

O próximo passo seria um nome para o novo sistema. No início, Torvalds ousou chamá-lo de “Freax”, uma mistura das palavras inglesas Freak (algo assustador, monstruoso), Free (livre) e o x do Unix. O nome Linux, já havia sido pensado, mas Torvalds o descartou por não considerar uma decisão muito modesta. Para facilitar o acesso de desenvolvedores, um upload dos arquivos foi feito para o servidor FTP da universidade de Helsinque. O responsável pela administração do servidor era Ari Lemnke, amigo de Torvalds. Lemnke ao fazer o upload do arquivo pensou que Freax não seria um bom nome e então sem o conhecimento do proprietário renomeou-o para Linux.


Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Idiomas

Últimos Artigos

%d blogueiros gostam disto: