you're reading...
Brasil, Esportes

Gloriosa Juventus

A final da champions me surpreendeu. A velha senhora foi para cima do Barça nos primeiros minutos, mas a equipe visivelmente nervosa acabou saindo atrás do placar logo aos três minutos o que atrapalhou tudo. Aliás a jogada que resultou em gol foi resultado muito mais de falha geral na defesa juventina, quando o chileno Vidal ficou olhando Rakitic penetrar na área livremente e finalizar a jogada. O mesmo atleta mostrou descontrole ao entrar duro em várias jogadas, tomando o cartão amarelo e por muito pouco não sendo expulso. Mesmo com tudo contra, a Juve foi corajosa e encarou o Barça de frente. No segundo tempo voltou melhor, empatou o jogo e levou o gol da virada em uma jogada irregular, ao menos na minha visão. O lance inicia-se em um ataque italiano quando Daniel Alves comente pênalti escandaloso em Pogba. O brasileiro corta a jogada e inicia-se o contra ataque que acabaria com a bola no fundo das redes de Buffon. Não questiono a qualidade do Barça e nem desmereço a vitória. Sem dúvida é muito mais time e tem um elenco bem mais completo do que a Juve, incluindo boa opções no banco de reservas. A equipe da velha bota não perdeu devido a um pênalti não marcado. Mesmo que tivesse marcado e a Juve convertido, o Barça teria totais condições de partir para cima e fazer um 4×2, por exemplo. A questão é que o árbitro interferiu no resultado final e tirou a única e pequena chance que a vecchia signora tinha de sair como vencedora do confronto, embora (vou sempre ressaltar) não fosse a melhor equipe. No fim do jogo o choro de Andrea Pirlo reforça a paixão pela Juve. Uma bela cena de alguém que já ganhou muito na vida. Parabéns a Juve e que venha para a próxima temporada mais forte e impondo respeito não só na Itália, mas no continente.


Na copa América o Brasil suou para ganhar do Peru, perdeu para a Colômbia e teve que armar uma retranca no fim para não tomar um empate da Venezuela. O time perdeu a identidade há muito tempo. Quem é Firmino? Onde ele joga? De onde ele veio? A geração é ruim e depende de Neymar. Depois de passar pela primeira fase aos trancos e barrancos, e jogando no mesmo nível da copa do mundo, meu medo é passarmos pelo Paraguai e pegarmos os hermanos na semifinal, a mesma fase da copa que levamos de sete.


Fico imaginando esse time nas eliminatórias da próxima copa. Não ganharemos dos argentinos em Buenos Aires, não ganharemos nas altitudes de La Paz e Quito e não ganharemos das boas seleções da Colômbia e do Chile em Bogotá e Santiago. Talvez consigamos um empate em Montevidéu, Assunção e Caracas, dependendo de como os uruguaios, paraguaios e venezuelanos se apresentem. Será que chegamos entre os cinco ? Com esse futebolzinho eu acho difícil.


Ronaldinho encerra o contrato com os mexicanos e vejo que o Vasco esta quase fechado com o ex-atleta. Na mesma barca Léo Moura, ex-Fla, pode chegar. Junte-se Magno Alves no Flu e Sheik no Fla. Se fizermos uma média de idade dos jogadores que atuam pelos clubes cariocas chegaremos aproximadamente a idade de Matusalém. Depois não sabem porque o Rio esta numa draga.


Depois da série de prisões na Suíça, com vários dirigentes ligados à FIFA em cana, uma outra novidade estoura no futebol sul americano. Em escutas telefônicas, o ex-presidente da AFA (Associação de Futebol Argentino) e o representante portenho do comitê dos árbitros da Conmebol, travam um diálogo para lá de duvidoso. Durante a conversa a dupla levanta a suspeita, que o juíz paraguaio Carlos Amarilla, escalado para apitar a partida entre Corinthians x Boca Juniors pela copa libertadores da América, teria favorecido o time argentino. Durante a conversa Abel Gnecco, o representante do cômite, relata como foi feita a escolha para que o paraguaio fosse oferecido como o responsável pelo andamento da partida. Durante o jogo disputado no dia 17 de maio de 2013, o clube brasileiro teve dois gols legais anulados, teve um pênalti claro não assinalado além de outros lances duvidosos apitados a favor da equipe xeneize. A Corinthians acabou eliminado após o empate de 1×1. A federação Paraguaia suspendeu o juiz e está aguardando o desenrolar das innvestigações.


A copa América tem me lembrado bastante a copa do mundo. A Argentina com seu poderoso ataque padece do mesmo mal de um ano atrás. Comandados por Messi e cia, o time chegou a final no Brasil depois de não jogar bem contra nenhum adversário, para recordarmos, teve dificuldades para superar a Nigéria e o Irã na primeira fase. Nas etapas seguintes os hermanos passaram pela Suíça graças a um gol na prorrogação e suaram para eliminar os belgas pelo placar mínimo. Na semifinal a equipe portenha precisou decidir a vaga nos pênaltis contra a Holanda para chegar a tão sonhada final. Na primeira fase da copa América os hermanos quase tomaram uma virada do Paraguai logo na estreia e só conseguiram derrotar o Uruguai e a fraca Jamaica pelo placar mínimo. Ontem os hermanos sofreram mais uma vez. Para chegarem a semifinal o time precisou dos pênaltis para eliminar a Colômbia. A mesma situação que o Brasil se encontra. O time não jogou bem nenhuma vez ainda e o que me é mais assustador: Se o escrete canarinho passar pelo Paraguai hoje, pegará a Argentina na semifinal. Que DEUS tenha piedade de nós e nos poupe de outro placar elástico frente aos hermanos.


TROFÉU VAI TOMAR UM UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU
Atuação patética do árbitro tupiniquim Sandro Meira Ricci na copa América. Embora os chilenos sejam melhores o rapaz prejudicou os uruguaios com uma atuação para esquecermos.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Idiomas

Últimos Artigos

%d blogueiros gostam disto: