you're reading...
Brasil, Esportes, Política

E nos próximos quatro anos, nós vamos……???

A grande surpresa desta semana nos jogos da liga dos campeões da Europa, foi sem dúvida a sonora surra que a vice-campeã italiana, a Roma, levou do Bayern de Munique. O placar de 7×1 para os visitantes nos remete a um passado recente. Mas afinal o que o futebol brasileiro e italiano se parecem? Em ambos os países, detentores de nove títulos mundiais, a renovação dos treinadores parece não ocorrer. Técnicos ultrapassados e com esquemas táticos da época do ronca insistem em seus planos mirabolantes para superar adversários. Depois do fracasso na copa do mundo, quando foi eliminada na primeira fase do torneio pela segunda vez consecutiva, o técnico da Juventus, Antonio Conte, foi convidado para apagar o incêndio. Os resultados refletem o trabalho do ex-juventino. Magras vitórias nas eliminatórias da próxima euro e a tradicional retranca funcionando. Foi assim com a Juventus nos três últimos títulos no cálcio, a diferença apenas resume-se no fato do elenco bianconero ser disparado o melhor da velha bota. A Itália está atrasadíssima em relação a alemães, espanhóis e ingleses. Nos anos 80, pelos gramados italianos craques oriundos de várias nacionalidades desfilavam pelo cálcio. Hoje em dia não existem mais jogadores ao nível de Zico, Platini, Boniek, Falcão entre outros. Mas me parece lógico e evidente que os mais importantes do mundo futebolístico não atuam na Itália. No comando das equipes italianas a solução não é diferente. A presença de técnicos de outras nacionalidades é irrelevante e os dirigentes preferem valorizar os italianos. Atualmente apenas quatro equipes da série A contam com estrangeiros em seus comandos. O nome mais conhecido é o espanhol Rafael Benitez, que dirige o Napoli. A equipe que nos últimos três anos disputou o título com a Roma e a Juventus até o fechamento desta matéria, ocupava a modesta sétima posição.


Para ilustrar muito bem o que foi descrito acima, vejamos o exemplo da tricampeã italiana. A Juventus tem sobrado no cálcio nos últimos anos, porém quando parte para uma competição internacional a “vecchia signora” é motivo de chacota. Nos últimos anos na copa dos campeões a Juve tem passado longe das quartas de finais, sendo inclusive eliminada na primeira fase do torneio no ano passado. Nesta semana a tricampeã foi derrotada pelo modesto Olimpyakos da Grécia e já começa a enxergar novamente uma eliminação na primeira fase do torneio.


Candidata à presidência da República, derrotada no primeiro turno, Marina Silva era do PT. Ao não concordar com algumas práticas e regras dos petistas, ela entregou sua demissão no ano de 2008, saindo do ministério do meio ambiente e do partido. Em 2009 Marina filia-se ao PV com a promessa de sair como candidata em 2010, assim foi feito. Marina obteve quase 20% de votos no primeiro turno e declarou-se neutra no segundo turno, disputado na época por Dilma Rousseff e José Serra. Decidiu então sair do PV e fundar seu próprio partido, onde sairia candidata em 2014. Com a negativa de registro do novo partido perpetrado pelo TSE , Marina aceitou sua filiação ao PSB para sair como vice de Eduardo Campos. Com a trágica morte do ex-governador de Pernambuco, o partido definiu que Marina seria a candidata oficial do partido a presidência. Marina então aparece nos debates atacando Aécio e Dilma, e a um determinado ponto ela chega a assumir as primeiras posições nas pesquisas. De repente a candidata não sabe mais o que realmente quer. Em um dia ela torce para o Flamengo no outro para o Vasco. Em um dia ela gosta de arroz e no outro feijão. Começa então a despencar nas pesquisas, é derrotada no primeiro turno e agora rasga elogios a Aécio. Não sei a opinião dos leitores, mas por mim Marina está acabada politicamente o meu voto, da qual ela nunca viu, com certeza nunca verá !


Não entendo as reações negativas referentes as reportagens de uma certa revista, cuja fama é ser tendenciosa. Veja bem, essa revista nada mais é do que a melhor representação do povo brasileiro. Quantos de nós não compartilhamos vídeos ou notícias nas redes sociais sem ao menos sabermos da veracidade do mesmo? Quantos de nós votamos em determinado candidato apenas para não perder ou garantir uma “boquinha” nos próximos quatro anos? Quantos de nós já defenderam candidatos na base do “rouba mas faz”? Quantos de nós já não cometemos pequenas infrações em nosso dia a dia? Furando filas, parando em vagas de deficientes, colando em provas entre outros, apenas para citar alguns pequenos exemplos. Quantos de nós espalhamos notícias nessa época de eleição, sem embasamento e apenas para prejudicar o outro candidato? “Dilma vai transformar o Brasil em uma nova Cuba”, “Aécio vai acabar com o bolsa família e governar para os ricos”. A tal revista nada mais é do que o retrato da nossa sociedade !! Cabe a nós, lermos e acreditarmos ou não.


Não declaro meu voto a fim de evitar discussões tolas. Mas quero apenas expressar minhas opiniões. Desde que a democracia foi restaurada, nenhum candidato a reeleição foi derrotado nas urnas: José Sarney, que assumiu a presidência devido a morte de Tancredo Neves em 1985 não se candidatou nas eleições de 1989, vencida por Collor. O vice-presidente Itamar Franco, que assumiu a vaga de Collor devido ao Impeachment, também não concorreu nas eleições de 1994, vencida por Fernando Henrique Cardoso. O candidato do PSDB foi reeleito em 1998. Em 2002 foi a vez de Lula vencer e ser reeleito em 2004. Em 2008 foi a vez de Dilma Rousseff. Se a tradição acompanhar os últimos anos, então teremos mais quatro anos de PT. Nos estados eu também acredito que a tendência seja a reeleição dos governadores atuais, pois com a máquina administrativa nas mãos a concorrência fica mais complicada.


Ainda hoje, por volta das oito horas da noite, já saberemos quem irá nos governar nos próximos quatro anos. Que DEUS tenha piedade do povo brasileiro.


TROFÉU VAI TOMAR UM UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU
Carioca de nascimento e de coração, olho para o meu estado e me dá vontade de chorar. Os cariocas terão que escolher entre Pezão e Crivella.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Idiomas

Últimos Artigos

%d blogueiros gostam disto: