you're reading...
Brasil, Contato, Esportes

Fim de papo no maraca


A final da copa do mundo não poderia ser de outra maneira. Poucas chances de gols, ambas as seleções respeitando-se mutuamente e o jogo mais uma vez decidido na prorrogação. Ainda assim os argentinos tiveram a melhor oportunidade de gol, depois de uma cabeçada errada de Schweinsteiger, a bola caiu no pé do artilheiro Higuain que perdeu um gol na cara do goleiro Neuer. Quem deixou muito a desejar foi o craque Lionel Messi que passou quase despercebido em campo, só aparecendo em dois lances capitais. No começo do primeiro tempo do tempo complementar o argentino chutou cruzado para fora e no último lance do jogo o dez portenho isolou a bola em uma cobrança de falta. Os alemães não jogaram um grande futebol, mas contaram com a sorte do seu técnico Joachim Low. Faltando alguns minutos para o fim do jogo no tempo normal o técnico substitui Klose colocando o garoto Mario Gotze em campo. Os argentinos pagaram na mesma moeda que haviam decidido contra os suíços, quando faltando alguns minutos para a disputa de pênaltis Di Maria fez o gol salvador portenho.


Acredito que a taça ficou em boas mãos. Os alemães enfrentaram seleções de maior porte como Portugal, França, Brasil e Argentina. Enquanto os portenhos só tiveram dois adversários de peso, já nas semifinais contra os holandeses, na qual venceram nos pênaltis e na final onde não venceram. No mais os Hermanos tiveram serias dificuldades contra os suíços, lembrando que só decidiram na prorrogação, e contra os belgas quando tomaram um sufoco no final. Na primeira fase a seleção de Sabella ainda teve enormes dificuldades para bater o Irã, considerando o mais fraco do grupo. O leitor até poderá contestar afirmando que os alemães também tiveram dificuldades contras os argelinos, por exemplo. Eu até concordo com a replica, porém é bom lembrar que em todos os jogos que os campeões tiveram dificuldades eles fizeram um jogo aberto com chances de gols para ambos os lados, ao contrário dos Hermanos.


Ao realizar a substituição no fim do tempo normal, o técnico Low avisou ao jovem Gotze:

“- Vá lá e mostre ao mundo que você é melhor que o Messi e decida a copa do mundo”.

E não é que o jovem obedeceu ao pé da letra. Depois de uma bela jogada do atabalhoado Schurrle, o predestinado Gotze matou a bola no peito e de virada sem deixar a pelota cair acertou o canto oposto do arqueiro portenho decidindo a copa. Um golaço para decidir o primeiro título europeu no continente americano.


Depois da tragédia do Mineirão, o resultado do terceiro lugar não poderia ser diferente. Na minha modesta opinião 3×0 ainda foi pouco, já que os holandeses vinham de duas prorrogações com disputas de pênaltis, contra a Costa Rica e contra os argentinos. Se os laranjas estivessem mais descansados e seu principal artilheiro Van Persie estivesse em uma forma melhor não tenho dúvidas que seria outro jogo com a torcida brasileira rezando para que o jogo acabasse logo. Mais uma vez a dupla de comandantes da nossa seleção não admitiram seus erros.


Embora a copa do mundo tenha sido um sucesso dentro dos campos, com jogos melhores do que as das últimas edições, ainda sim eu insisto em fazer uma crítica aos interesses comerciais da corrupta FIFA. Os brasileiros reclamam bastante quando seus times vão disputar jogos da liberadores em território boliviano e altitudes acima dos 1500 e até 2000 metros. Porque então ninguém reclama em disputar um jogo de copa do mundo, à uma hora da tarde em um calor infernal em lugares quentes? Esses jogos não poderiam ser a noite? Claro que não afinal a grana fala mais alto no comércio futebolístico que o esporte bretão se tornou. Seria muito mais junto com ambas as equipes em campo assim como também com o público que paga ingressos caros e muitas vezes tem que ficar horas debaixo de um sol escaldante a espera do começo do espetáculo.


Apesar do melhor nível das partidas, em minha opinião não tivemos nenhum jogador destacando-se na copa. O colombiano James parece ser um bom profissional, mas ainda terá que provar isso ao se transferir para um clube de ponta europeu, provavelmente o Real Madrid, e arrebentar no velho continente. Penso que os grandes destaques desta copa foram os goleiros que andaram fechando o gol. Destaque para o campeão Neuer, o costa riquenho Navas, o mexicano Ochoa e o brasileiro Julio Cesar que bateu o recorde de gols tomados por um brasileiro.


De volta à realidade. O pesadelo recomeçou. O brasileirão 2014 volta a tona com seus jogos emocionantes e inesquecíveis.


TROFÉU VAI TOMAR UM UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU
A Federação Internacional de Falcatruas e Armações (FIFA) não poderia terminar a copa de maneira mais brilhante ao eleger Lionel Messi o craque da copa.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Idiomas

Últimos Artigos

%d blogueiros gostam disto: