you're reading...
Brasil, Esportes

Cheiro de barco afundando



Depois da classificação sofrida frente ao Chile, alguém em sua plena consciência realmente acredita que o Brasil será campeão mundial ? O time não tem esquema tático, não têm jogadas ensaiadas, não tem conjunto e me faz lembrar as antigas seleções britânicas, na qual os zagueiros davam chutões para frente na esperança que algum atacante dominasse a bola próximo ao gol adversário.


Algo de muito ruim está acontecendo no ambiente da seleção canarinho. A falta de estrutura psicológica é visível a cada jogo e contra o Chile o goleiro Júlio César chorou ao recordar, ao fim do jogo, o sofrimento que passou após falhar no segundo gol holandês na copa da África. Fico temeroso se esse rapaz cometer uma falha nos próximos jogos e a seleção for desclassificada.


O técnico Felipão está lembrando o mesmo comandante que afundou o time do Palmeiras na segunda divisão do brasileirão. Tem escalado mal e não tem sido feliz nas suas substituições. O lateral Daniel Alves anda com a bola muito baixa, mas o gaúcho mantém o rapaz em sua posição mesmo com uma boa opção, Maicon, no banco. No jogo contra o Chile, Scolari trocou Fred que estava jogando muito pouco e colocou Jô que conseguiu ser pior do que o titular. Aliás com a substituição cheguei a pensar que as bolas seriam mais alçadas na área para o grandalhão atacante do Atlético Mineiro em um confronto direto com a baixa zaga chilena, ledo engano. Isso não foi falado? Não foram ensaiadas jogadas com bolas na área adversária, nitidamente muito inferior em estatura se comparada ao nosso time? O meio do campo brasileiro, um problema grande desde o primeiro jogo, continuou nulo sem ninguém para fazer a bola chegar a Neymar ou a Fred.


As declarações de Parreira dias antes da copa, ao afirmar que o campeão tinha chegado à Granja Comari entre outras poderia ter servido como motivação para os atletas, até acredito que o objetivo tenha sido esse. Porém o tiro saiu pela culatra. O auxiliar técnico talvez não deva ter pensado que essas declarações poderiam jogar uma carga de responsabilidade em cima de um time jovem, muitos disputando pela primeira vez a copa do mundo e o que é pior: dentro do seu próprio país onde a cobrança e as pressões com certeza serão bem maiores.


Detalhe a respeito dos três maiores campeões do mundo: A Itália perdeu a copa em seu país (90) e terminou a competição em terceiro lugar, a Alemanha foi eliminada em casa (2006) pelos italianos e acabaram a copa em terceiro. O Brasil se passar pelos colombianos pode pegar os alemães e em caso de derrota disputaremos o terceiro lugar.


Acreditem ou não, o Brasil ia sendo eliminado pelo Chile com um gol de Pinilla. Se você não sabe quem é a figura pergunte a algum amigo Vascaíno se ele conhece a figura. Em compensação o jovem colombiano James Rodriguez fez o chamado gol de placa no Maracanã. Os amarelos estão jogando uma bola redonda com o ataque mais positivo e o artilheiro da copa. Isso tudo tem um dedo do argentino Jose Pekerman, um excelente técnico. Aliás, será que o Hermano não toparia treinar o Brasil depois de sermos eliminados nas próximas fases?


Não quero ser pessimista, mas sinceramente não acredito em título. A única maneira de o Brasil chegar ao hexa será uma mudança radical muito grande de uma hora para outra, coisa que não acredito que aconteça a essa altura do campeonato. Contra os chilenos a sorte esteve do nosso lado, até porque nossos adversários não atacaram como deveriam. Contra a Colômbia o que poderá pesar a nosso favor é a pouca tradição dos colombianos e o peso de enfrentar uma seleção pentacampeã do mundo em território inimigo. Mas se por acaso passarmos e atingirmos a semifinal quem poderemos enfrentar? Pela ordem dos outros jogos eu chutaria a Alemanha, a França e o México. Chances de pegarmos a Nigéria é zero. Qualquer um dos três citados e com jogadores decisivos como Thomas Muller e Karin Benzema as chances brasileiras são poucas.


TROFÉU VAI TOMAR UM UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU
Para a torcida brasileira que vaiou o hino nacional chileno cantado a capela. A falta de educação não tem nada a ver como status social.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Idiomas

Últimos Artigos

%d blogueiros gostam disto: