you're reading...
Brasil, Mundo, Política

SOS educação !!!



A educação do Brasil pede socorro. Na primeira semana do mês de agosto várias unidades do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia (os antigos CEFET’s) decidiram paralisar suas atividades entrando em estado de greve por tempo indeterminado. Os funcionários pedem o auxílio da população que em sua maioria têm demonstrado apoio ao movimento, porém nem todas as pessoas pensam desta maneira. Infelizmente existe uma cultura enraizada em nosso país da crítica impensada. É desta maneira que algumas das pessoas reagem quando se fala em greve de professores: “Poxa mas ganham tão bem e estão querendo mais?”As coisas não deveriam serem tratadas desta maneira ainda mais quando nos referimos à educação. Em nosso país existe uma diferença brutal entre questões salariais. Um professor que passa a sua vida dedicando-se aos estudos pode chegar ao máximo ao status de doutor (doutorado) ganhando pouco mais de 6 mil reais, um salário bem parecido com a de um técnico de um tribunal superior eleitoral que acaba de ser aprovado em um concurso público, o que diremos de deputados federais, estaduais, senadores e políticos em geral. Mas as grandes questões desta paralisação não envolvem apenas os salários dos funcionários. Isso sem citar os professores estaduais e municipais que ganham vencimentos dignos de uma excelente piada.


Uma das grandes reclamações envolvendo a atual paralisação é o que se refere ao investimento que o governo de nosso país destina a educação. Até o ano passado os investimentos totalizavam pouco mais de 3% do produto interno bruto (PIB). No ano de 2011 o governo de Dilma Rousseff já cortou 3,5 bilhões da fatia destinada à educação. Muito pouco para uma nação que almeja chegar ao primeiro mundo. Os grevistas pedem que essa verba seja de 10%. Outra reclamação é no que se refere a manutenção dos concursos públicos que foram paralisados tanto para docentes quanto para os técnicos administrativos.


É triste ver manifestações nas ruas das grandes cidades contra o presidente Ricardo Teixeira, da CBF enquanto políticos fazem o que bem entendem em Brasília e levam a educação nacional ao caos. Será que algum dia veremos esses tipos de manifestações e cobranças pedindo a cabeça de políticos ou teremos que esperar alguma rede de televisão influenciar a cabeça das pessoas conclamando-as a saírem as ruas e protestarem. No futebol uma simples suspeita é motivo de protesto, mas dinheiro na cueca de políticos não tem problema. O Brasil ainda tem muito que amadurecer.


O governo brasileiro anunciou a criação de várias universidades federais juntamente com novas unidades dos institutos, apenas no estado da Paraíba serão mais seis novos campi. Essa realmente eu não entendi, os políticos dizem que as verbas são poucas, a pequena quantia dedicada sofre constantes cortes, não há dinheiro para contratações e nem concursos mas para a criação de novas unidades a grana está liberada. Não seria muito mais fácil investir em melhorias nas unidades já existentes, algumas delas em estados deploráveis?


É muito mais fácil controlar uma população de ignorantes do que uma de cabeças pensantes. Para quem acha exagero basta ler a história, que ela nós fornece vários exemplos, na revolução russa e no Camboja de Pol Pot os chamados intelectuais eram logo eliminados. Em nosso país o analfabetismo ainda é um grande problema, sendo assim mais fácil a manipulação das massas. Talvez seja por isso que algumas pessoas saíram as ruas para se manifestar contra Ricardo Teixeira, afinal futebol é diversão e a alegria do povo já a política “é um saco e eu pouco me importo com a classe de governantes”. Se tivermos uma população pensante, alfabetizada teremos automaticamente questionamentos, discussões, líderes e consequentemente cenas como dinheiros em cuecas ficarão mais complicadas de serem vistas.


Apesar de toda falácia do governo Lula com investimentos em educação, talvez a população desconheça algumas verdades apavorantes. Os institutos que recebem mais investimentos são os que possuem mais alunos matriculados. Seria uma boa ideia se não passasse despercebido um pequeno detalhe: Na prática significa então, que o instituto que reprovar alunos e os mesmos tiverem que procurar outras unidades, terá suas verbas reduzidas, ou seja, passem de ano todos os alunos independentes de serem aptos ou não. Não é de se estranhar que pesquisas recentes em universidades apontaram que o país vive um presente negro, e, por conseguinte um futuro, quando nós referimos a profissionais de várias áreas. Como exemplo a física. Os grandes e poucos gênios que o país produz são logo alvos de universidades estrangeiras e a maioria acaba não voltando.


Em resumo: Os profissionais que educam os seus filhos não conseguem educar os seus.


As vezes eu acho que a humanidade não tem mesmo jeito. Toneladas de alimentos levadas pela ONU e destinadas a população faminta na Somália foram desviadas. Os produtos foram roubados por comerciantes locais que estão vendendo esses produtos para a população a beira da morte.


TROFÉU VAI TOMAR UM UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU

Para toda classe de políticos de nosso país.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Idiomas

Últimos Artigos

%d blogueiros gostam disto: